No ar: Maratona Power Fest!!!

Com: 48 Horas Com Os Melhores Djs.




Fim do Internet Explorer: navegador será descontinuado nesta semana

  • 03-07-2022 05:36

  • Após quase 27 anos de existência, o Internet Explorer será oficialmente descontinuado nesta quarta-feira (15). A partir desta data, o IE 11, última versão do navegador, deixará de ter suporte no Windows 10 . Ao clicarem nos atalhos do navegador, os usuários serão direcionados ao Microsoft Edge, atual browser padrão do Windows 11 que usa o mesmo motor do Google Chrome. Vale lembrar que a Microsoft anunciou o fim do navegador em maio do ano passado. Antes disso, porém, as aplicações online do Office 365 já haviam parado de funcionar no Internet Explorer.

    A principal justificativa da empresa para encerrar o Internet Explorer é oferecer uma melhor experiência de uso com o Edge e disponibilizar uma plataforma compatível com sites e aplicações modernas. Isso inclui a segurança de navegação, já que o browser lançado em 2015 oferece maior proteção contra ataques de phishing e malware.

    Segundo a própria companhia, o Microsoft Edge também é mais rápido para corrigir vulnerabilidades. O navegador do Windows 11 consegue entregar patches de segurança em dias, ou até mesmo horas, enquanto o Internet Explorer 11 entrega as atualizações mensalmente.

    Para compatibilizar com IE, o Edge traz o modo Internet Explorer, que oferece suporte a sites e aplicações baseadas no antigo browser, como controles ActiveX. Para ativá-lo, basta entrar nas configurações do Microsoft Edge, clicar em "Navegador Padrão" e, no campo "Permitir que sites sejam carregados no modo Internet Explorer", selecionar "Permitir".

    A descontinuidade do navegador, entretanto, não acontece em todas as versões do Windows ao mesmo tempo. Por enquanto, os afetados serão os usuários finais do Windows 10, que usam o sistema operacional em aparelhos domésticos. A partir de quarta-feira (15), essas pessoas serão redirecionadas ao Microsoft Edge ao clicarem nos atalhos do Internet Explorer.

    O suporte continua para os Windows 7, 8, 8.1 e Server. Além destas, as versões do Windows 10 Enterprise LTSC e Enterprise IoT LTSC também não serão afetadas. A maior parte dos sistemas, porém, perderá o Internet Explorer até 2023 — em algumas versões, o navegador permanece vivo até 2029. A página atual de download do IE 11 só permite baixar o programa no Windows 7.


    História de pioneirismo

    O Internet Explorer foi lançado em agosto de 1995, no também histórico Windows 95. Em pouco tempo, o IE se transformou no principal navegador do mundo. Entre 2002 e 2003 — ou seja, menos de 10 anos após seu surgimento —, o browser era usado por 95% dos computadores no mercado.

    A supremacia continuou por muitos anos. Em 2010, a ferramenta ainda era a mais usada do mundo, com 59,9% de mercado. O segundo e o terceiro colocados eram Firefox e Chrome, com 24,5% e 6,7%, respectivamente.

    Mas a partir de 2011, a queda foi vertiginosa. A entrada do Safari e a consolidação do Chrome, navegadores que cresceram muito com a popularização dos celulares, ajudou neste processo.

    Fonte: Fabricio Augusto